quarta-feira, dezembro 27, 2006

Morar Melhor entrega certificado de cursos para geração de renda

A coordenação do projeto Morar Melhor, desenvolvido pela Prefeitura de Itabuna em parceria com o Ministério das Cidades, depois de entregar 68 moradias a famílias carentes do bairro Jardim Grapiúna, encerrou suas atividades com a entrega de 60 certificados de cursos, com o objetivo de geração de renda para moradores do bairro e entorno.

Segundo a coordenação do projeto, os cursos, destinados aos moradores do bairro, identificados como em situação de risco social e também para alguns moradores da região do Jardim Grapiúna, antiga Favela do Bode, no centro da cidade, foram: Curso para Fabricação de Material de Limpeza e Curso de Confecção de Pães de Natal.

A entrega dos certificados de conclusão de curso foi a etapa de encerramento do projeto, que teve continuidade com a realização dos cursos para inclusão das famílias no mercado de trabalho e melhoria da qualidade de vida da população envolvida no projeto, após a cessão das 68 residências.

Esta etapa, segundo a SAS, é parte de um projeto técnico social, que visa a melhoria das condições de vida dos moradores do bairro Jardim Grapiúna, que receberam, além das casas e do curso, todo um trabalho de urbanização do bairro, com a construção de rede de saneamento, colocação de meio-fio nas ruas e calçamento com camada asfáltica.

O projeto, que atendeu 68 famílias, de acordo com a SAS, possibilitou a troca das casas de pau-a-pique e outros materiais por construções de alvenaria, contribuindo para dar dignidade à população daquela localidade, que vivia em condições subumanas e agora, com a conclusão do projeto, teve um ganho em sua qualidade de vida e na renda familiar, com a inserção de membros da família no mercado de trabalho.

Orgulho - Esse era o sentimento apresentado por todos os concluintes dos cursos e que recebiam os seus certificados na sede do Centro de Referência em Assistência Social – CRAS I, que cedeu o espaço físico, orientadores e as instalações necessárias à realização dos cursos.

Para os concluintes dos cursos de fabricação de material de limpeza e de confecção de pães de Natal, o certificado ganhou tanta importância quanto a carteira de trabalho, pois era uma possibilidade real de inserção no mercado de trabalho, mesmo que informal, e de incremento na renda familiar, o que possibilitará a saída da família da situação de risco social. (Fonte: Ascom de Itabuna)