terça-feira, dezembro 12, 2006

Fórum de Turismo reuniu trade brasileiro em Ilhéus

O 2º Fórum de Turismo da Costa do Cacau, sediado em Ilhéus entre os dias 7 e 9 de dezembro, reuniu pessoas de diversas partes do Brasil para discutir o tema “A regionalização do Destino”. Os participantes, que lotaram o auditório Nacib, do Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, elogiaram a organização do evento e a relevância dos temas abordados, através de palestras, apresentação de painéis e workshops.

O evento foi promovido pelo Ilhéus e Costa do Cacau Convention Bureau, em parceria com o Sebrae ecom apoio da Secretaria de Turismo de Ilhéus (Setur), Associação de Turismo de Ilhéus (Atil), Banco do Nordeste e Grupo Predial. Diversas autoridades ligadas ao setor em todo o país, além de empresários e estudantes da área, participaram do encontro.

O objetivo principal do fórum foi discutir o projeto de regionalização do turismo para os dois próximos anos, tendo como foco a importância da competitividade entre os destinos e da construção de um relacionamento com os turistas. Na abertura do evento, o especialista em turismo, Mário Petrocchi, apresentou um novo modelo de competitividade, baseado em um conceito que passa da simples noção de produto turístico para a obsessão pela qualidade na experiência turística.

“Os turistas analisam e fiscalizam tudo. Portanto, precisamos estar prontos para demonstrar toda nossa simpatia e hospitalidade”, disse o professor. Ele acrescenta que é preciso ter um sistema voltado para atender as exigências do mercado. Petrocchi citou como variáveis para o desenvolvimento do turismo a natureza, infra-estrutura, qualidade dos serviços, gastronomia, folclore, ações em Marketing, hospitalidade e as diferenças entre origem e destino. Ele explicou que o marketing deve estar integrado em três pilares: Poder Público, População e Cadeia Produtiva. “A imagem do destino é uma construção coletiva”, afirmou.

O vice-presidente da Federação Brasileira dos Convention Bureaux e presidente do Salvador Convention Bureau, Fernando Ferrero, disse que a união entre o trade, o poder público e órgãos ligados ao turismo é o que consegue fazer um bom destino. O coordenador estadual do Programa de Turismo do Sebrae/Bahia, Richard Alves, concorda com esta afirmação, e completa: “é esta união que traz resultados concretos para o desenvolvimento do turismo sustentável”. Ele acrescentou que é necessário buscar meios para que todos aqueles que são ligados ao turismo venham cumprir seu papel.

O secretário de Turismo de Ilhéus, Paulo Moreira, acredita que a realização deste fórum em Ilhéus foi importante, principalmente para os estudantes de turismo, que tiveram a oportunidade de ouvir especialistas na área e, disse, podem ser os futuros componentes do trade. “As pessoas já conhecem o turismo de um modo geral, mas é preciso aprofundar este conhecimento, para que sejam feitas ações concretas que fortaleçam o setor em nosso município, gerando mais emprego, renda e cada vez mais visibilidade para esta cidade tão rica em belezas naturais”, disse.

O presidente do Ilhéus e Costa do Cacau Convention Bureau, Ricardo Myiazato, considerou os resultados do evento altamente positivos. “Tivemos uma programação muito proveitosa, e a oportunidade de conhecer cases de outras cidades, para então nos espelharmos e fazer com que Ilhéus também venha fazer parte desse grupo de sucesso”, afirmou. (Fonte: Ascom de Ilhéus)