quarta-feira, novembro 08, 2006

SEC realiza reunião para discutir novos investimentos

O secretário de Educação e Cultura de Itabuna, Gustavo Lisboa, se reuniu com seus diretores de escolas na tarde de segunda-feira, dia 06, para discutir alguns dos novos investimentos que serão feitos na rede municipal de ensino, como: a informatização das escolas, o novo senso da educação e a compra de novas carteiras, entre outros.

De acordo com o secretário, além das discussões sobre as questões administrativas corriqueiras de sua pasta, o foco esteve mantido no que será feito a partir do próximo ano, em termos tecnológicos, dentro da rede municipal de ensino, que propiciará um grande salto de qualidade na Educação Municipal.

Pelos planos divulgados por Gustavo Lisboa, além da conexão normal com a internet, será implantada uma intranet (rede interna de comunicação) entre as escolas e a sede da secretaria, o que facilitará a circulação de informação administrativa, que hoje tem que ser impressa, envelopada e distribuída a todas as escolas, o que proporcionará uma grande economia para a SEC.

PDDE - Outro ponto importante, discutido na reunião, foi a liberação da verba do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) de 2006, e a sentença proferida pela juíza federal, Maízia Pamponet, da vara de Itabuna, liberando os recursos desta rubrica para o ano de 2005, que não foram enviados até hoje, devido a não aprovação das contas da prefeitura, no exercício 2004. Com isto, os recursos que deveriam ter sido liberados no ano passado ficaram retidos, causando dificuldades de investimento no setor da educação.

O secretário informou que, mesmo as contas da gestão anterior tendo sido reapresentadas pela atual administração e, desta vez, aprovadas, os recursos foram, inexplicavelmente, retidos. Por conta desta retenção a prefeitura teve que acionar o Governo Federal na justiça, obtendo no último mês sentença favorável à sua reivindicação.

Com a sentença dada pela Justiça Federal, a expectativa, agora, é que esse dinheiro, que estava fazendo falta aos serviços de manutenção da prefeitura na área de educação, seja disponibilizado o mais rapidamente possível, liberando recursos próprios que estavam sendo realocados com esta finalidade, permitindo que novos programas e projetos possam ser desenvolvidos pela secretaria.

Censo - A SEC irá promover em 2007 um censo escolar para fazer uma radiografia da situação atual da educação no município. Segundo Gustavo Lisboa, o censo vai procurar identificar quantas crianças, jovens, adultos e portadores de necessidades especiais estão fora da escola, porque estão fora da escola e, o que poderá ser feito para recolocá-la na escola. Essa iniciativa visa diminuir o número de estudantes fora de sala de aula, uma das principais preocupações da atual administração.

O secretário acredita que, com esta informação em mãos, a secretaria terá uma leitura mais aproximada da realidade escolar do município e poderá planejar com maior efetividade as ações que deverão ser desenvolvidas no sentido de reduzir ou, se possível, erradicar a evasão escolar.

O objetivo do censo é fazer uma profunda avaliação da situação da rede municipal de ensino e, com base nesta realidade, elaborar um Plano Municipal de Educação para os próximos dez anos, estabelecendo prioridades, objetivos e metas a serem atingidas ano a ano. Esse Plano Municipal será enviado em seguida à Câmara Municipal para que seja avaliado e aprovado e possa ser colocado em prática. (Fonte: Ascom de Itabuna)