quarta-feira, novembro 08, 2006

Itabuna vai ampliar espaço para atendimento psicopedagógico

Inaugurado no último dia 28 de julho durante as comemorações dos 96 anos de emancipação político-administrativa de Itabuna, o Centro Psicopedagógico de Educação Inclusiva (Cepei) já é referência para a rede pública de ensino do interior do estado da Bahia, que ainda não oferece este tipo de atendimento especializado aos estudantes com dificuldades de aprendizagem, portadores de deficiência mental, auditiva e visual. Por conta disso, a procura dos serviços oferecidos pelo Cepei está exigindo a ampliação do espaço físico onde são realizados os atendimentos individuais, as oficinas psicopedagógicas, além de terapia de grupos para as famílias dos 500 alunos, aproximadamente, que recebem assistência do centro.

Para dar condições ao Cepei de absorver a crescente demanda, a Prefeitura de Itabuna, através da Secretaria de Educação e Cultura (SEC), estará investindo recursos na ampliação do espaço físico com a implantação de mais um módulo, onde serão instaladas salas para atendimento individualizado e oficinas. A informação foi divulgada pelo secretário Gustavo Joaquim Lisboa, que qualificou o Centro como um dos mais avançados instrumentos para promoção da educação inclusiva implementada nos últimos anos na rede pública de ensino. Ele disse também que a concretização do Cepei é resultado do planejamento estratégico da Secretaria de Educação visando a constante melhoria da qualidade do ensino do município de Itabuna.

“A partir do desenvolvimento das atividades do Centro, houve um aumento em relação à procura pelos serviços, tanto por parte das famílias dos alunos, como também pelos professores que atuam na rede. Com base em recursos alocados no orçamento municipal para investimentos em reformas e construções no setor educacional, solicitamos a realização da licitação e, em breve, serão iniciadas as obras de adequação do galpão já existente na área do Cepei”, explicou Lisboa.

O secretário acrescentou ainda que, além dos investimentos na ampliação em espaço físico, a SEC continua desenvolvendo programas de capacitação em educação inclusiva para os professores, a exemplo do curso de Libras, Sistema Braille e de utilização de Lego. A diretora do Centro Psicopedagógico, Tatiane Silva Oliveira, revelou que, após a ampliação do espaço físico, novos profissionais serão contratados.

Atualmente, de acordo com Tatiane, 16 profissionais especialistas na área de Psicopedagogia estão atuando no Cepei com atendimento nas áreas de deficiência mental, auditiva e visual, deficiência de aprendizagem e no projeto de inclusão digital. O atendimento é feito uma vez por semana de forma individualizada, com duração de 50 a 60 minutos.

O Cepei também oferece assistência nas áreas de Fonoaudiologia e Psicologia, este último feito em parceria com o curso de Psicologia da FTC. No novo módulo irá funcionar também um protótipo de uma casa mobiliada para desenvolvimento de oficinas com os portadores de deficiências. De acordo com Tatiane Oliveira, o objetivo é capacita-los para as atividades da vida no dia-a-dia.(Fonte: Ascom de Itabuna)