sexta-feira, novembro 10, 2006

Ilhéus define estratégias para combater a dengue

A Secretaria de Saúde de Ilhéus já definiu as estratégias de combate à dengue no município. As primeiras ações de reforço contra a proliferação do mosquito transmissor da doença, o Aedes aegypti, serão desencadeadas a partir desta sexta-feira (10), no alto do Coqueiro e Ilhéus-II. Nos dias 17 e 18, os trabalhos serão no calçadão da Marquês de Paranaguá e, em paralelo, estudantes da rede municipal de ensino vão realizar atividades curriculares sobre os cuidados que a população deve ter para impedir o avanço da dengue.

Técnicos da Vigilância à Saúde estarão em estandes montados ao lado da agência do Banco do Brasil, distribuindo folhetos e realizando palestras. O objetivo é divulgar informações sobre prevenção e alertar o ilheense para a necessidade de eliminar possíveis focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença.

A enfermeira Cássia Virgínia Brito, diretora do Departamento de Vigilância à Saúde, lembra que o combate à dengue é uma ação contínua, especialmente durante o verão, quando a reprodução do inseto ocorre de forma mais expressiva. “Por isso, é importante mobilizar a população para o constante combate ao mosquito, conforme proposta do Ministério da Saúde”.

Uma campanha de conscientização do Ministério, em parceria com estados e municípios, reforça a necessidade das ações contínuas: “Combater a dengue é como varrer o chão, limpar o banheiro, dar banho nas crianças e jogar lixo fora. Tem que ser todo dia”.

O tenente Edson Cardoso, do Colégio Militar de Ilhéus, informou que seus alunos vêm realizando palestras nas escolas de Vila Nazaré, Iguape, Teotônio Vilela e Jardim Savóia. “A nossa brigada de combate à dengue vem fazendo um trabalho voluntário visando conscientizar a população para os cuidados da prevenção da dengue”, afrimou o tenente. (Fonte: Ascom de Ilhéus)