quinta-feira, novembro 09, 2006

Festa da Ajuda agita Cachoeira neste final de semana

Chega ao auge neste final de semana, os festejos em louvor a Nossa Senhora da Ajuda, em Cachoeira, cidade histórica, tombada como Monumento Nacional, no Recôncavo baiano, a 110 Km de Salvador. A festa, uma das mais tradicionais de Cachoeira, teve início em meados do século XVII por iniciativa dos donos de engenho de cana de açúcar que tinham como padroeira Nossa Senhora da Ajuda. Com o passar dos anos, foram incorporadas manifestações populares às celebrações religiosas exclusivamente católicas. Com isso, a cidade ganhou uma grande festa que aglutina a fé, devoção, alegria e irreverência.

Na capela de Nossa da Senhora da Ajuda, o primeiro templo construído em Cachoeira pela família Adorno, fundadora da cidade, acontece a partir desta quinta-feira 9, as 20 horas, a abertura do tríduo em louvor a santa. A celebração prosseguirá até sábado, dia 11, no mesmo horário. Em seguida, haverá apresentação do grupo Chorões do Recôncavo, e das bandas de pagode Brotou Samba e Vibra Samba. Os shows vão invadir a madrugada de domingo, quando sairá às 5 horas da manhã, do Largo da Ajuda, o Terno da Alvorada, uma espécie de cortejo carnavalesco que costuma reunir milhares de pessoas que cantam e dançam fantasiados até o início da tarde. A realização da festa conta com o apoio da prefeitura de Cachoeira, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo do município.

O Terno da Alvorada é um dos momentos mais aguardados dos festejos. Uma charanga composta por músicos das filarmônicas Lyra Ceciliana e Minerva Cachoeirana puxa a multidão pelas principais ruas da cidade histórica, tocando músicas de antigos carnavais e composições de domínio popular com letras irreverentes. Participam da folia blocos de mascarados, cabeçorras, mandus e travestidos. A programação religiosa da festa será encerrada com a procissão com a imagem de Nossa Senhora da Ajuda, às 18 horas, segunda-feira, dia 13. A festa popular, no entanto, só termina na quarta-feira 15, com a saída do Terno da Saudade, às 10 horas com a participação de todos os blocos da cidade. (Fonte: Ascom de Cachoeira)