sexta-feira, outubro 06, 2006

Alunos com deficiência terão atividades esportivas especiais

Alunos da rede municipal de ensino de Ilhéus, que possuam algum tipo de deficiência, passarão a ser acompanhados por profissionais especializados em Educação Física e vão receber atendimento em Atividade Motora Adaptada (AMA). Um grupo de professores do município e acadêmicos do curso de Educação Física da Uesc participam de uma capacitação para atender a esse público especial.

A iniciativa faz parte de um projeto de extensão da Uesc, em parceria com o Núcleo de Educação Física da Secretaria Municipal de Educação, com o objetivo de proporcionar o desenvolvimento da atividade motora e práticas esportivas às crianças e aos adolescentes com deficiência. Participam da equipe, coordenada pela doutoranda em Atividade Motora Adaptada, Josley Viana, três professores do município e nove acadêmicos da Uesc. A meta é atender, inicialmente, cerca de 70 alunos.

Josley explica que as atividades acontecerão uma vez por semana, fora do ambiente escolar. Os estudantes participam de diversas modalidades esportivas, como natação, basquete, atletismo, vôlei e atividades psicomotoras. “A idéia é, posteriormente, levarmos o serviço para fora da escola”, afirma a coordenadora. Ela frisa que a intenção do projeto de Atividade Motora Adaptada é a inclusão dos deficientes nas ações cotidianas.

A coordenadora relata que este projeto é contínuo e, em paralelo, outra capacitação está sendo desenvolvida com os coordenadores da Secretaria de Educação, do Centro de Referência em Inclusão Escolar (CRIE) e todos os professores de Educação Física do município. “Queremos que até o final do próximo ano, todo o sistema esteja envolvido no projeto”, diz. (Fonte: Ascom de Ilhéus)